Notícias

Ver notícia

A concessionária Águas de São Francisco do Sul, empresa responsável pelo saneamento básico do município, está intensificando as ações de fiscalização para identificar a existência de ligações clandestinas no município. Conhecida popularmente como “gato na água”, a fraude configura o crime de furto qualificado, segundo o artigo 155, § 4º, II do Código Penal Brasileiro, e suas sanções vão de multa à prisão.

Cristiane Rosa Madruga Pereira, supervisora de serviços da concessionária, explica que a fiscalização é periódica e ocorre em todos os bairros. As ligações clandestinas comprometem estrutura física do encanamento. Além disso, o material usado para o processo costuma ser impróprio e acaba causando vazamentos na rede e gerando o desperdício de água. Os “gatos” também ocasionam problemas de abastecimento em outras localidades por afetar diretamente no fluxo de água durante a distribuição. Além de ocasionar todos esses problemas, a atividade ilícita facilita a contaminação da água, ou seja, não traz apenas prejuízo financeiro, como para o meio ambiente.

“Quando um morador é irregular, ele não se preocupa em economizar, já que está furtando água. As ligações irregulares podem prejudicar o abastecimento de água”, observa Cristiane Pereira. Para outras informações, o usuário pode buscar os canais de comunicação da empresa pelo telefone 0800 595 4444 ou mensagens pelo WhatsApp no (47) 99234-1414 ou mesmo acessar o site:http://www.aguasdesaofranciscodosul.com.br.

Compartilhar:

Veja Também

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Contato Saiba mais
Contato

A Águas de São Francisco do Sul oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

1° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental Saiba mais
1° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental

A premiação busca incentivar a realização de reportagens sobre a importância do saneamento.

Água Saiba mais
Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas de São Francisco do Sul.