Notícias

Ver notícia

Com a chegada do verão, o período de dezembro a fevereiro é marcado pelo aumento do consumo de água que acende um alerta importante: a necessidade de manter a caixa d’água dos imóveis cheia. Em períodos normais, a média de consumo diário equivale a aproximadamente 150 litros por habitante/dia. O calor aumenta entre 10% e 15% a quantidade de litros usada pela população.

Ao longo de 2022, a Águas de São Francisco do Sul desenvolveu um plano intenso de melhorias para ampliar a oferta de água e minimizar o risco de desabastecimento nos períodos de pico de consumo, como o Natal e o Ano novo. Mesmo com todos os investimentos da concessionária, o coordenador Vilmar Pereira da Silva Junior, lembra que manter a reservação adequada é fundamental neste período. Isso porque, caso o serviço de abastecimento sofra precariedade ou baixa pressão, imóveis equipados com reservatórios corretamente dimensionados dificilmente vão sentir os efeitos da falta de água.

A dica é garantir que a caixa d’água esteja cheia já no dia 23 de dezembro no caso de quem vai passar o Natal no litoral, e no dia 30, para quem estará na região para celebrar o Ano Novo. “Também é preciso estar atento para o consumo consciente”, pontua Vilmar.  A concessionária sempre tem investido em educação ambiental, incentivando o consumidor a fazer uso da água de maneira mais racional, evitando o desperdício e garantindo que a distribuição de água possa chegar a mais pessoas, pois água é um bem vital e finito.

As atividades que mais desperdiçam água são as de rotina, como deixar a descarga vazando, não usar ou deixar de fazer a manutenção da boia na caixa d’água, deixar a mangueira ligada durante toda a noite e usar a força da água da mangueira para “varrer” a calçada ao invés de usar a vassoura. Mesmo com a previsão de boas chuvas para o início deste ano, os cuidados ainda devem ser constantes, de maneira a prolongar a água disponível.

COMO ECONOMIZAR

Escovar os dentes com a torneira aberta consome 80 litros de água. Uma mangueira ligada por meia hora consome 560 litros de água. Banhos longos ou deixar crianças brincando com a água corrente, por sua vez, podem consumir até 180 litros de água. Essas são tarefas diárias que podem acarretar os desperdícios, uma vez que tornam o gasto muito maior do que o necessário, principalmente em condomínios, onde o consumo é maior devido à pressão da água.

 

 

Compartilhar:

Veja Também

Sanear São Chico Saiba mais
Sanear São Chico

A Águas de São Francisco do Sul trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento na cidade.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

PROSPERA: Em ação social pioneira no setor, Aegea promove atividades gratuitas de bem-estar e saúde em São Francisco do Sul Saiba mais
PROSPERA: Em ação social pioneira no setor, Aegea promove atividades gratuitas de bem-estar e saúde em São Francisco do Sul

Com diversos serviços em benefício da população, a Águas de São Francisco do Sul, uma empresa da holding Aegea, líder no setor privado de...

2° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental Saiba mais
2° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental

A premiação busca incentivar a realização de reportagens sobre a importância do saneamento.