Notícias

Ver notícia

As obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da região das Praias, em São Francisco do Sul, avançam em diferentes frentes de trabalho. Com a implantação da rede de esgotamento sanitário, a população da região passará a ter acesso a um serviço que é um dos indicadores mais importantes para a elevação dos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) das cidades.

A construção é uma das prioridades da concessionária Águas de São Francisco do Sul, com foco também em contribuir para a preservação ambiental do município. De acordo com Fernando Rettore Neto, coordenador de engenharia da Águas de São Francisco do Sul, o volume de obras realizado até o momento corresponde a mais de 73% de toda a estrutura da construção. No Brasil, atualmente são poucas as cidades com uma população fixa semelhante a São Francisco do Sul que estão implantando um sistema de tratamento de esgoto.

De acordo com o prefeito em exercício, Walmor Berretta Júnior, a ETE do Majorca é extremamente importante, já que para cada dólar investido na obra, a cidade economiza quatro na saúde. Segundo o prefeito, o rápido avanço das obras é também uma consequência das reuniões com a Águas de São Francisco do Sul e mostram o resultados das fiscalizações realizadas pelo Executivo. “Vamos continuar a vistoriar as obras, porque daqui a alguns meses, esta estação vai estar trabalhando a todo vapor e fazendo saneamento básico de fato”, acrescentou Walmor.

Destinação correta do esgoto

Com a ETE, todo o volume de esgoto in natura que hoje é despejado nos rios e praias – mais de 5 milhões de litros por dia em baixa temporada e mais de 10 milhões durante o verão – terão a destinação e tratamento correto. O coordenador de engenharia da concessionária destaca que já foram concluídas as estruturas de concreto e drenagem e, no momento, estão sendo finalizadas as obras de alvenaria. Ele cita também que 20% dos equipamentos da obra já estão disponíveis para instalação e o restante está em fabricação, com previsão de chegar a São Francisco do Sul até o final de fevereiro.

A implantação da ETE do Majorca faz parte da primeira etapa do sistema de coleta e tratamento de esgoto, que visa levar mais qualidade de vida e saúde para a cidade. A concepção total do sistema para São Francisco do Sul abrange quatro estações: a do Majorca, para tratar da região das praias; uma para a região central; uma para o Ervino; e outra para a Vila da Glória.

Compartilhar:

Veja Também

Principais dúvidas Saiba mais
Principais dúvidas

  Por que estou sendo cobrado se ainda não me conectei à rede de esgoto? Os serviços são cobrados a partir do momento em que são dis...

PROSPERA: Em ação social pioneira no setor, Aegea promove atividades gratuitas de bem-estar e saúde em São Francisco do Sul Saiba mais
PROSPERA: Em ação social pioneira no setor, Aegea promove atividades gratuitas de bem-estar e saúde em São Francisco do Sul

Com diversos serviços em benefício da população, a Águas de São Francisco do Sul, uma empresa da holding Aegea, líder no setor privado de...

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

2° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental Saiba mais
2° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental

A premiação busca incentivar a realização de reportagens sobre a importância do saneamento.