Notícias

Ver notícia

Conhecer de perto as obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) em construção no Majorca, em São Francisco do Sul, ajudou Rogério Duarte, morador do bairro Ubatuba, a reforçar a percepção da importância do sistema para o município. “Eu sempre falo que o saneamento é o cartão postal de um local. Uma cidade sem tratamento de esgoto não tem o direito de declarar que é sustentável”, diz. Para o líder comunitário Giovani San Thiago, a obra vai dar um impulso no desenvolvimento do turismo e no comércio de São Francisco do Sul. “O principal impacto vai ser na despoluição da água das praias”, acrescenta.

Rogério e Giovani foram duas das cerca de 20 lideranças comunitárias que conheceram  as obras da ETE no sábado, dia 15, em uma ação promovida pela concessionária Águas de São Francisco do Sul. Para Rosângela Campos, a Rô Baiana, residente no bairro há 22 anos, a obra será um divisor de águas para a melhoria na qualidade de vida dos moradores. Participaram da visitação lideranças dos bairros Sandra Regina, Praia Grande, Forte, Majorca, Ubatuba e Rocio Grande.

Durante o encontro, o gestor operacional da concessionária, Victor Vilella Aroeira; o engenheiro civil Pedro Lucas Mendes Senra; e o biólogo e coordenador de projetos socioambientais da Águas de São Francisco Sul, Luiz Gustavo Marzollo, fizeram uma apresentação das etapas da obra, dos benefícios à comunidade e dos investimentos na área social que a empresa realiza na cidade. O  sistema de tratamento de esgoto da região das praias faz parte da primeira etapa de um amplo projeto de coleta e tratamento que visa levar mais qualidade de vida e saúde para São Francisco do Sul. A concepção total abrange quatro estações: a do Majorca, para tratar da região das praias; uma para a região central; uma para o Ervino; e outra para a Vila da Glória.Com o novo sistema, todo o volume in natura que hoje é despejado nos rios e praias da cidade – mais de 5 milhões de litros por dia em baixa temporada e mais de 10 milhões durante o verão – terão a destinação e tratamento correto. Se levado em consideração o tamanho populacional de São Francisco do Sul (cerca de 50 mil habitantes), o investimento que a concessionária está fazendo é de extrema relevância para a saúde da população. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cada R$ 1 investido em saneamento gera economia de R$ 4 na saúde.

Compartilhar:

Veja Também

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas de São Francisco do Sul e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.