Notícias

Ver notícia

Moradores do bairro Ubatuba, em São Francisco do Sul, receberam na noite de segunda-feira (29), informações técnicas sobre o sistema de esgotamento sanitário que está sendo implantado no bairro. Eles participaram do Programa Afluentes, um projeto de iniciativa da concessionária Águas de São Francisco do Sul para levar informações à comunidade, realizado no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora Aparecida. Para que o tratamento do esgoto aconteça corretamente, é preciso que sejam feitas todas as obras de infraestrutura com as tubulações que passam nas ruas e seguem até a estação de tratamento- (ETE), respeitando todas as etapas de um longo processo de saneamento.

Durante o encontro, os moradores demonstraram preocupação com a recomposição das ruas onde estão sendo implantadas as redes de esgoto. Conforme Vilmar Pereira da Silva Junior, coordenador de operações da concessionária, é compromisso da Águas de São Francisco do Sul devolver as condições de trafegabilidade das ruas aos níveis encontrados antes das obras de implantação das redes de esgoto.

Os pavimentos são recompostos após a conclusão da rede coletora e das ligações domiciliares, mas em um ritmo diferente do das obras da rede. As condições climáticas também podem, eventualmente, afetar o andamento da recomposição das vias. O prazo para concluir todo o processo da obra de construção de um sistema de esgotamento sanitário, incluindo a escavação para implantação da nova rede coletora de esgoto, pode variar de acordo com o trecho e profundidade das valas no solo

Conforme Lidiany Lemos Machado, presidente da Associação dos Moradores do Bairro Ubatuba, as reuniões do Programa Afluentes realizadas pela concessionária são muito importantes para esclarecer as dúvidas da população. “Nós, como representantes da comunidade, somos demandados por questões que nem sempre temos a resposta”, disse. “Com o programa, a concessionária vem até os moradores com seu corpo técnico e responde as demandas que eles têm”, completou.

No encontro, Luiz Gustavo Marzollo, analista de responsabilidade social da Águas de São Francisco do Sul, fez um resumo do plano de comunicação desenvolvido pela concessionária para levar informações aos moradores casa a casa, que envolve também a criação de grupo de WhatsApp rua a rua para que os clientes possam ter um canal direto de comunicação com a concessionária a respeito das obras.

Compartilhar:

Veja Também

Principais dúvidas Saiba mais
Principais dúvidas

  Por que estou sendo cobrado se ainda não me conectei à rede de esgoto? Os serviços são cobrados a partir do momento em que são dis...

PROSPERA: Em ação social pioneira no setor, Aegea promove atividades gratuitas de bem-estar e saúde em São Francisco do Sul Saiba mais
PROSPERA: Em ação social pioneira no setor, Aegea promove atividades gratuitas de bem-estar e saúde em São Francisco do Sul

Com diversos serviços em benefício da população, a Águas de São Francisco do Sul, uma empresa da holding Aegea, líder no setor privado de...

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Água Saiba mais
Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas de São Francisco do Sul.