Notícias

Ver notícia

O Projeto Cores da Terra, que será desenvolvido em São Francisco do Sul, no norte de Santa Catarina, vai levar mais saúde e independência aos povos originários das aldeias Guarani Mbya Reta e Laranjeiras, por meio do incentivo à produção de artesanato e cuidados oftalmológicos. Iniciativa que envolve a Águas de São Francisco do Sul e o Instituto Muhda, a proposta do projeto foi apresentada a representantes da prefeitura na última sexta, dia 16, em reunião realizada na sede da concessionária Águas de São Francisco do Sul.

Rodrigo Reis e Anna Viana, do Instituto Muhda, explicam que o papel do instituto é estabelecer conexões entre entidades, representações e pessoas. A ação multidisciplinar que será desenvolvida com as comunidades indígenas de São Francisco do Sul envolve atendimento médico oftalmológico especializado e oficina artístico-formativa.

O Instituto Muhda é, atualmente, responsável pela gestão do projeto “Cores da Terra”, contemplado com recursos do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura, lançado pelo Estado de Santa Catarina. O projeto conjuga a proposta de formação artística em aldeias indígenas com os benefícios do cuidado com a saúde, proporcionando uma ação multidisciplinar no município de São Francisco do Sul. O pilar de formação artística tem a pintura com tinta natural como proposta central.

Esse procedimento contempla muitas das diretrizes que orientam a equipe do Instituto Muhda. Para Marco Campesatto, coordenador de Comunicação da Águas de São Francisco do Sul, ao impulsionar a produção artesanal de forma responsável e o incentivo à saúde, a concessionária colabora para que os indígenas conquistem novos espaços e autonomias. “Desta forma, contribuímos para a melhoria das condições de vida nas aldeias, levando dignidade aos indígenas”, destaca Campesatto. Sandro Maier Cardoso, secretário de Assistência Social de São Francisco do Sul, explica que a prefeitura tem um olhar para a comunidade indígena da cidade dentro daquilo que é possível realizar com base na legislação.

Estiveram presentes na reunião a presidente do Conselho Municipal de Cultura e diretora presidente da Fundação Cultural, Marianna Corrêa; o secretário de assistência social, Sandro Maier Cardoso; e o responsável pela gerência de Vigilância em Saúde, Manoel Francisco Patruni, representando o secretário Jefferson Pacheco de Moraes. Também participaram o coordenador de operações da Águas de São Francisco do Sul, Vilmar Pereira da Silva Junior; o coordenador de comunicação da concessionária, Marco Campesatto; e os analistas de responsabilidade social, Alex Schwabe e Luiz Gustavo Marzollo, além dos responsáveis pelo Instituto Muhda, Rodrigo Reis e Anna Viana.

Compartilhar:

Veja Também

Esgotamento Sanitário BKP Saiba mais
Esgotamento Sanitário BKP

A Águas de São Francisco do Sul trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento na cidade.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas de São Francisco do Sul é a concessionária responsável pelo abastecimento de água e esgotamento sanitário no município de São Fra...

Sanear São Chico Saiba mais
Sanear São Chico

A Águas de São Francisco do Sul trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento na cidade.

Vídeos Saiba mais
Vídeos

Vídeo Institucional Conheça a Águas de São Francisco do Sul, empresa responsável pelo abastecimento de água e esgotamento sanitário do mu...