Notícias

Ver notícia

Os vereadores de São Francisco do Sul literalmente vestiram a camisa do Programa “Respeito dá o Tom”, inciativa de incentivo à igualdade racial no ambiente empresarial, desenvolvido pela Águas de São Francisco do Sul e ampliaram a visibilidade da iniciativa. O plenário da câmara foi palco na última quinta-feira (29), para a apresentação a comunidade local do programa Respeito dá o Tom. A palestra foi realizada pela coordenadora corporativa do programa Respeito dá o Tom, Keilla Martins.

Estudos revelam que 54% da população do país é negra ou parda, no entanto no mercado de trabalho não há esta representatividade, já que a maioria dos cargos são ocupados por não-negros conforme dados do Instituto Brasileiro de Estatística (IBGE). Apesar da população negra representar mais que a maioria, ainda há racismo enraizado na sociedade e com o objetivo de combater o preconceito, a concessionária Águas de São Francisco do Sul desenvolve o Programa Respeito dá o Tom.

Principal programa de incentivo à igualdade racial no ambiente empresarial do país, o Respeito dá o Tom tem como objetivo promover a equidade de oportunidades de acesso à empresa e de crescimento profissional dos colaboradores que se autodeclaram pretos, pardos e indígenas. Da mesma forma, pretende que os ambientes de trabalho na empresa estejam livres de racismo, preconceitos ou atitudes que comprometem o respeito. Lançado em 2017, o programa desenvolve todas as áreas e funcionários da empresa, dos mais antigos aos mais novos, independentemente da posição que ocupam.

De acordo com a coordenadora corporativa do programa Respeito dá o Tom, Keilla Martins, em quatro anos o programa evoluiu rapidamente, ampliando a conscientização sobre a igualdade racial no mercado de trabalho. Através de comitês, o programa promove rodadas de conversas, palestras, fóruns e desenvolve outras ações voltadas para o combate ao racismo de forma geral.

Em Santa Catarina o programa tem a coordenação de Maria Luiza Ferreira. Ela ressalta que os negros lutaram muito para obter as conquistas atuais, mas reforça que ainda há muitas batalhas a serem vencidas. Keilla destacou o papel da Câmara de Vereadores ao permitir a realização da apresentação do programa para a comunidade no combate ao racismo.

“Dentro de uma casa legislativa onde se fala de democracia, nada mais justo do que falar de diversidade de ideais diferentes, de pessoas diferentes, seja de raça, credos religiosos. Quando a gente para refletir ao assistir a palestra, se percebe que mesmo involuntariamente  podemos ter atitudes que estão corretas”, disse o vereador Alla Gabriel Vizoto. O presidente da Câmara, Sidnei Eusébio, o Mira da Estiva, destacou a importância da apresentação para a discussão da pauta racial e colocou a câmara à disposição.

Reginalva Mureb, presidente da Águas de São Francisco do Sul, lembrou o quanto é importante discutir a questão racial no meio empresarial. Ela salienta que o objetivo de apresentar o programa para a comunidade é para que o combate ao preconceito e a luta pela igualdade social não fique apenas dentro do ambiente corporativo, já que o racismo é crime, com sérios prejuízos para os que sofrem o mesmo e precisamos de conscientizar a sociedade para fazer cessar este tipo de postura.

Compartilhar:

Veja Também

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas de São Francisco do Sul trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento na cidade.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas de São Francisco do Sul é a concessionária responsável pelo abastecimento de água e esgotamento sanitário no município de São Fra...

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

1° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental Saiba mais
1° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental

A premiação busca incentivar a realização de reportagens sobre a importância do saneamento.