Notícias

Ver notícia

A fim de adquirir conhecimento sobre o sistema de tratamento de água, vereadores mirins de São Francisco do Sul fizeram uma visita técnica a Estação de Tratamento de Águas (ETA Rocio). A visitação, que teve a participação de seis dos vereadores mirins do município e duas coordenadoras, faz parte do Programa Portas Abertas, uma iniciativa da concessionária Águas de São Francisco do Sul que recebe grupos da sociedade e apresenta detalhes da empresa, como as instalações da ETA, da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), além do escritório, equipamentos de tecnologia e o funcionamento geral do sistema.

Além de conhecer vários detalhes operacionais, os vereadores mirins também aprenderam sobre consciência ambiental e a importância da água. Durante a visita técnica, o supervisor de serviços  da concessionária, Lucas Sousa Nogueira, e o supervisor operacional, Rodi Mayer Rodrigues, apresentaram aos jovens parlamentares todo o processo de captação, tratamento e distribuição de água em São Francisco do Sul. Eles também falaram sobre a operação do tratamento de esgoto. Atualmente, São Francisco do Sul, conta com cerca de 30% de cobertura de rede de esgoto.

Conforme Reginalva Mureb, presidente da Águas de São Francisco do Sul, a visita dos vereadores mirins é muito importante, pois com esta iniciativa eles conhecem o saneamento que é um dos maiores vetores do desenvolvimento das cidades com foco especial na saúde, no meio ambiente e, consequentemente, na qualidade de vida da população. “Os vereadores mirins possivelmente serão os adultos que estarão no futuro à frente nas cidades, seja no Executivo ou no Legislativo, em posição de tomadas de decisões e, com estas visitas, passam ter os primeiros entendimentos destas demandas”, completou.

O grupo conheceu de perto o funcionamento da estação de tratamento de água e o laboratório onde os técnicos avaliam periodicamente a qualidade da água tratada na unidade. “Temos hoje em São Francisco do Sul uma perda média de 23,17% % da água tratada, seja por rompimento de tubulações, vazamentos ou ligações irregulares. Estudos do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS, ano base 2019) apontou que as perdas na distribuição no Brasil estão em 39,2%. O índice de redução de perdas alcançado em São Francisco do Sul também está abaixo da meta contratual que era de 30,4% nos quatro primeiros anos de concessão.

“Por isso, sempre que vocês ou seus vizinhos identificarem um vazamento é muito importante informar a concessionária para minimizarmos essas perdas”, destaca Lucas. Luiz Gustavo Marzollo analista de responsabilidade social da concessionária, reforçou entre os participantes a importância do Programa Portas Abertas. Segundo ele, o programa proporciona à comunidade maior conhecimento sobre o trabalho desenvolvido pela concessionária.

Compartilhar:

Veja Também

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Vídeos Saiba mais
Vídeos

Vídeo Institucional Conheça a Águas de São Francisco do Sul, empresa responsável pelo abastecimento de água e esgotamento sanitário do mu...