Notícias

Ver notícia

A distribuição de água em São Francisco do Sul atingiu, em dezembro, 561,4 milhões de litros, um acréscimo de 5,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. O pico da produção de água foi nos dias que antecederam o Natal e o dia 1º de janeiro.  A infraestrutura montada pela Águas de São Francisco do Sul, com reforço na distribuição na região das praias, foi fundamental para garantir abastecimento a moradores e turistas no período.

Considerada a mais antiga cidade do Estado, com pouco mais de 50 mil habitantes, São Francisco do Sul tem mais de 500 anos de história contados por meio de um preservado patrimônio histórico tombado em 1987 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). São museus, igrejas, casarios antigos em estilo colonial, além de seus sambaquis, ruas e monumentos que atravessaram séculos. No verão, a cidade vê sua população quadriplicar durante a temporada de verão. Soma-se a todas estas belezas, a qualidade das praias que ano a pós ano atraem milhares de visitantes ao município durante a temporada de verão.

Reginalva Mureb, presidente da Águas de São Francisco do Sul, explica que durante o ano a companhia realizou diversos investimentos no município, visando assegurar a qualidade do serviço e a oferta de água nos imóveis de moradores e visitantes. “A falta de água nas residências, principalmente no período de temporada de verão, era um problema recorrente para os nossos moradores. Neste ano, no entanto, pudemos ver uma significativa mudança no cenário. Ainda não chegamos aonde queremos chegar, mas precisamos reconhecer quando algo melhora. Nós vamos continuar a cobrança por investimentos para a distribuição ser cada vez melhor e o risco de faltar água ser minimizado em nossa cidade”, destaca o prefeito Godofredo Gomes Moreira Filho.

No bairro Ubatuba, por exemplo, foram instalados 2,5 quilômetros de adutora de água tratada e realocado um booster para melhoria das pressões no sistema, impactando diretamente nos usuários do bairro. Além disso, a empresa também instalou cinco novos equipamentos para reforço da pressão em setores críticos da rede.

Desde o começo do verão, a concessionária vem realizando limpezas diárias nos pontos de captação de água com o objetivo de garantir a qualidade e maior oferta de água nos mananciais. “A atenção à qualidade da água foi tema também do período pré-verão, quando foram consultados especialistas em qualidade e tratamento da água e realizadas obras de melhorias nas captações”, destaca Reginalva. Além disso, a Estação de Tratamento de Água principal, a ETA Rocio, teve sua estrutura reformada durante o ano.

Visando a rapidez e otimização do abastecimento durante o verão, foram implantados ainda 17 hidrantes no município, que também podem servir de ponto de apoio ágil ao abastecimento dos caminhões-pipa. Na Vila da Glória, a companhia implantou uma nova captação de água bruta para garantir a água proveniente de um manancial de qualidade e em quantidade necessária para atender esta parte da população.

Ainda conforme Reginalva a preparação das equipes foi determinante para o bom desempenho do trabalho que vem sendo realizado nesta temporada.  O plano verão desenvolvido pela concessionária envolveu também a antecipação de compra de materiais e contratos de fornecimento de equipamentos. “A eficiência da nossa equipe de manutenção e dos nossos líderes foi essencial para este período de maior consumo. Mantivemos equipes de sobreaviso, desenvolvemos plano de operação para o verão, estratégias operacionais, ampliação do efetivo e preparação para o período específico”, acrescenta Reginalva.

Com queda expressiva no número de queixas de dificuldades no período de Natal e virada do ano, a Águas de São Francisco reafirma sua posição de oferecer um serviço com qualidade e cada vez melhor aos moradores do município. Vale ressaltar também, segundo a presidente da empresa, a importância da participação da população, que acatou a orientação da concessionária para reservar e economizar água durante o período de maior consumo, conforme previsto no plano de comunicação definido para a temporada.

Compartilhar:

Veja Também

1° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental Saiba mais
1° Prêmio Águas de Jornalismo Ambiental

A premiação busca incentivar a realização de reportagens sobre a importância do saneamento.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Água Saiba mais
Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Águas de São Francisco do Sul.