Arquivo do Autor

Abertas as inscrições para um dos maiores programas privados e gratuitos de empreendedorismo do Brasil

Postado por saofranciscodosul em 16/maio/2022 - Sem Comentários

 

Patrocinado pela Aegea Saneamento e pela Águas de São Francisco do Sul o programa vai beneficiar cerca de 14 mil pessoas entre microempreendedores, pequenos produtores e jovens a partir de 15 anos que queiram abrir um negócio

Em maio, mês em que se comemora o Dia do Trabalho, as cidades de Campo Grande (MS), Barra do Garça (MT) Cabo Frio (RJ), Holambra (SP), Camboriú (SC), Penha (SC), São Francisco do Sul (SC),) e Manaus (AM) receberão o programa Negócio Cultural, com oficinas gratuitas que vão capacitar os microempreendedores locais, além de jovens que queiram entrar para mercado, sobre os principais aspectos que vão ajudar no crescimento da empresa e ampliar a geração de renda.

O programa Negócio Cultural é um dos maiores programas privados gratuitos de todo o Brasil e vai impactar, diretamente, cerca de 14 mil pessoas. Trata-se de uma ação com apoio da Secretaria Especial da Cultura, patrocinada pela Aegea Saneamento por meio do Instituto Aegea, pela Águas de São Francisco do Sul, que integra o Grupo Aegea, e realizada pela Ecotransforma Produções e NTICS Projetos. “Trabalhamos sempre para entregar os melhores serviços e entendemos que o nosso papel é manter a sustentabilidade dos negócios, estimulando o desenvolvimento equilibrado, constante, promovendo o desenvolvimento dos municípios onde estamos presentes além de atuar para levar mais oportunidade e inclusão social à população”, diz Reginalva Mureb, presidente da Águas de São Francisco do Sul.  Somam, para isso, o planejamento a médio e longo prazo, um arrojado plano de investimentos, a educação de forma contínua e a parceria com a sociedade”, completa Reginalva.

Além disso, ter um negócio sustentável já não é uma preocupação exclusiva das grandes corporações. Empresas menores e até microempreendedores terão que adaptar os seus negócios para a urgência desse tema, se quiserem crescer e principalmente, deixar um legado que impacte toda a comunidade. “Há 20 anos temos trabalhado com foco no desenvolvimento sustentável com soluções inovadoras e esse projeto é um grande exemplo de como através do conhecimento é possível mudar a realidade local e gerar um crescimento em espiral que, aos poucos, vai transformando o país e o mundo”, diz Ana Carolina Xavier, Diretora de Inovação e ESG da NTICS Projetos.

Na primeira fase, os participantes passarão por sete oficinas que serão transmitidas em ambiente digital e darão uma visão completa sobre áreas primordiais de crescimento e aperfeiçoamento profissional. A primeira tem foco em Sustentabilidade e como aplicar essas habilidades, independentemente do tamanho do negócio. Depois, todos os participantes passarão por um Diagnóstico 360º para desenvolver uma visão sistêmica com os papéis e responsabilidades de cada um. Os passos seguintes são oficinas sobre Gestão Financeira, Vendas, Marketing, Recursos Humanos e para finalizar, elaborar um Planejamento Estratégico.

Para os jovens empreendedores que ainda não possuem um negócio, a trilha de conhecimento vai abordar, ainda: Plano de Negócio e Empreendedorismo.

O programa Negócio Cultural irá trabalhar quatro dos 17 ODS (Objetivo de Desenvolvimento Sustentável), que são: Trabalho decente e crescimento econômico (8), Indústria, inovação e infraestrutura (9), Redução das desigualdades (10) e Consumo e produção responsáveis (12).

As inscrições serão feitas através pelo site https://negociocultural.com.br e podem participar microempreendedores locais, pequenos produtores e jovens a partir de 15 anos que queiram abrir um negócio para geração de renda ou otimizar um negócio já existente.

 

SERVIÇO:

Negócio Cultural

Inscrições: até dia 30/05 através do site https://negociocultural.com.br

Quem pode se inscrever: Microempreendedores locais, pequenos produtores e jovens a partir de 15 anos

Sobre Ecotransforma

A Ecotransforma é uma produtora artística, com vasta experiência em exposições e curadorias em todo o Brasil.

 

Sobre a NTICS Projetos

Em 2022, a NTICS Projetos está celebrando 20 anos promovendo o desenvolvimento sustentável através de projetos e soluções inovadoras. Desde sua fundação, a empresa já desenvolveu mais de mil projetos, impactando diretamente cerca de 10 milhões de pessoas.

Com matriz  no Brasil e filiais nos Estados Unidos e Europa , há três anos, a NTICS Projetos se tornou signatária do Pacto Global da ONU (Organização das Nações Unidas), e desde então tem direcionado sua estratégia, alinhando todos os seus projetos aos ODS.

A atuação da NTICS Projetos no Brasil tem como prioridade quatro dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: ODS 4 (Educação de Qualidade), ODS 8 (Trabalho Decente e Crescimento Econômico), ODS 12 (Consumo e Produção Responsáveis) e ODS 17 (Parceiras e Meios de Implantação). A ambição para os ODS 4 da empresa é a de levar projetos inovadores e sustentáveis para 3,7 milhões de crianças e adolescentes (10% dos alunos matriculados no ensino público do Brasil) até 2025.

Águas de São Francisco do Sul fará intervenção na rede de abastecimento da Praia do Ervino

Postado por saofranciscodosul em 11/maio/2022 - Sem Comentários

A Águas de São Francisco do Sul informa que está realizando obras de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água da Praia do Ervino. Para isso, será necessário fazer intervenção e interligações na rede de abastecimento nesta quinta-feira, dia 12, a partir das 22h. A recuperação do abastecimento será gradual a partir da manhã de sexta-feira, dia 13. A nova rede beneficiará 180 famílias, que passarão a ser atendidas pelo sistema de água tratada.

Clientes que possuem caixa-d’água domiciliar podem não ser afetados pelo desabastecimento. A Águas de São Francisco do Sul sugere que cada imóvel tenha uma caixa-d’água dimensionada para atender a demanda da família. Assim, é possível ter água por 24 horas, no mínimo.

Em caso de necessidade, os consumidores podem entrar em contato por meio das centrais de atendimento da Águas de Camboriú pelo telefone ou Whatsapp pelo 0800 595 4444.

Obras para a implantação da rede de esgoto seguem para a rua Macapá, em São Francisco do Sul

Postado por saofranciscodosul em 03/maio/2022 - Sem Comentários

As obras para a implantação da rede de esgoto em São Francisco do Sul, que estão em fase de conclusão na rua Bahia, seguirão para a rua Macapá, no bairro Enseada. Conforme Vilmar Pereira da Silva Junior, com a implantação do sistema de coleta e tratamento de esgoto as famílias terão acesso a um serviço de saneamento tão importante para a saúde pública, que acontece para melhorar a qualidade de vida de moradores e valorizar os espaços da cidade.

Apesar dos transtornos momentâneos em função das obras, o investimento em saneamento é considerado a principal política de promoção à qualidade de vida de uma cidade. Conforme estudos da Organização Mundial de Saúde, para cada real investido em esgotamento sanitário e tratamento do lixo, se economiza 4 reais nos gastos com saúde.

Ligação

A empresa reforça entre os moradores do município a importância de o cliente fazer a ligação de sua residência ou estabelecimento comercial à rede de esgoto disponível na via quando for autorizado pela concessionária. A conexão antes da autorização da concessionária pode trazer problemas de transbordamento enquanto que afeta a própria residência e a dos vizinhos. Nas regiões onde a empresa irá disponibilizar a rede, o cliente será informado, por comunicação impressa, sobre sua liberação para utilização e a importância dessa conexão e sobre o valor da taxa de ligação.

Acompanhe também informações da Águas de São Francisco do Sul no face book https://www.facebook.com/aguasdesfs/  e Instagram da concessionária https://www.instagram.com/aguasdesfs/

Programa de Olho no óleo recolhe 110 litros de óleo de cozinha usado durante Festilha 2022

Postado por saofranciscodosul em 02/maio/2022 - Sem Comentários

O programa de Olho no Óleo recolheu 110 litros de óleo de cozinha durante a 32ª edição da Festilha 2022. O projeto de Olho no Óleo é uma iniciativa da Águas de São Francisco do Sul desenvolvida em parceira com a prefeitura de São Francisco do Sul, Núcleo Social – grupo de instituições do município e a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Mama.

De acordo com Luiz Gustavo Marzollo, analista de responsabilidade social da concessionária, o óleo de cozinha usado, quando descartado diretamente no ralo da pia, contribui para a contaminação das águas. Além disso, quando chega aos cursos d’água prejudica a oxigenação, matando plantas e peixes, perda da água que poderia ser tratada, poluição do solo, prejuízo as plantas e contaminação do lençol freático. “A preocupação com meio ambiente é uma das premissas da concessionária”, destacou Marzollo. O óleo recolhido terá um destino correto.

Ao doar seu óleo de fritura usado para o programa de Olho no Óleo, você também estará fazendo um ato de solidariedade contribuindo com a Rede Feminina de Combate ao Câncer. Além disso, o programa atende os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que foram estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). Entre os ODS atingidos com o programa estão 6 (Água e Saneamento) e 15 (vida terrestre).  Indique para seus vizinhos ou amigos e conscientize as pessoas sobre a importância desta simples atitude.

Em são Francisco do Sul o de Olho no Olho colocou galões para a coleta do material em diferentes regiões da cidade:
Pontos de  coleta de óleo
●Prefeitura
●Loja de Atendimento da Águas de São Francisco do Sul, no Shopping São Francisco.
●Rede Feminina de Combate ao Câncer
●Centro Integrado Multiuso da Prefeitura,
●Cras Majorca
●APAE

Águas de São Francisco do Sul imuniza colaboradores contra o vírus da Gripe

Postado por saofranciscodosul em 28/abr/2022 - Sem Comentários

Com a queda das temperaturas, doenças como gripe e resfriados estão mais presentes no dia a dia das pessoas. Pensando na saúde e bem-estar dos colabores, a concessionária Águas de São Francisco do Sul realizou uma campanha de vacinação para imunizar seus colaboradores do vírus H1N1. A medida também foi adotada nas demais concessionárias de Santa Catarina: Águas de Penha, Águas de Camboriú e Águas de Bombinhas. No total, aproximadamente 55% dos funcionários já foram imunizados.

Conforme Tiago Santos e Souza, coordenador de EHS da Águas de São Francisco do Sul explica, todos os anos a empresa oferece a imunização aos colaboradores de forma totalmente gratuita. “O cuidado com o nosso trabalho inicia dentro das empresas, com as equipes que atuam nas ruas, no atendimento ao público. Olhar para a saúde dos funcionários é mais uma forma de cuidado com a nossa comunidade”, completa ele.

A vacinação é uma das maneiras mais eficazes para prevenir algumas doenças. Ela sensibiliza o sistema imunológico do organismo, fazendo com que crie defesas, anticorpos especiais contra uma série de doenças. A importância da vacinação não está somente na proteção individual, mas ela evita a propagação em massa de doenças, garantindo mais qualidade de vida e saúde.

Conforme Reginalva Mureb, presidente da Águas de São Francisco do Sul, os profissionais devem estar devidamente imunizados para que o ambiente de trabalho esteja livre de risco de doenças que podem ser prevenidas. Vale lembrar que, para evitar a proliferação do vírus, além de tomar a vacina, outros cuidados importantes devem ser considerados como lavar as mãos, alimentar-se e hidratar-se bem, usar lenços descartáveis, evitar aglomerações e ficar em ambientes fechados.

ETE-Ubatuba, de São Francisco do Sul, recebe a Licença Ambiental de Operação do Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina

Postado por saofranciscodosul em 26/abr/2022 - Sem Comentários

O Instituto de Meio Ambiente (IMA) concedeu a Águas de São Francisco do Sul a Licença Ambiental de Operação (LAO), o que assegura a manutenção da  operação do sistema da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE-Ubatuba). De acordo com Tiago Santos e Souza, coordenador de Meio Ambiente da concessionária, a licença representa que o empreendimento está autorizado pelo órgão ambiental para funcionar em definitivo. A licença foi concedida após a avaliação de desempenho e efetividade dos controles ambientais.

“A ETE Ubatuba durante a fase de testes desempenhou com excelência, demonstrando eficiência no tratamento do esgoto recebido, bem como nos controles ambientais”, destacou Tiago. Para receber a Licença Ambiental de Operação, a concessionária cumpriu todas as condicionantes estabelecidas nas etapas anteriores, tais como Licença Ambiental de Instalação e Autorização para Testes, quando foram avaliados a eficiência do tratamento, monitoramento de ruídos e odores, qualidade de água subterrânea e do corpo receptor, bem como o monitoramento da ictiofauna, entre outras.

A Licença Ambiental de Operação possui validade de 48 meses, devendo ser renovada ao final deste período. “Vale ressaltar que a LAO estabelece inúmeras condicionantes que serão atendidas durante a operação do empreendimento”, acrescenta Tiago.

Águas de São Francisco do Sul reforça durante o Afluentes Virtual orientação para moradores não ligarem o esgoto na rede coletora sem autorização

Postado por saofranciscodosul em 25/abr/2022 - Sem Comentários

A Águas de São Francisco do Sul estima concluir a implantação da rede de esgoto nos bairros Enseada e Ubatuba durante o ano de 2022. O assunto, descargas monitoradas e a segurança no trabalho foram os principais temas da segunda edição do Afluentes Virtual, evento realizado na noite de terça-feira, 19. A reunião contou com a participação de lideranças comunitárias e representantes de bairros de São Francisco do Sul.  O programa já se tornou uma ação tradicional da empresa.

No encontro, Vilmar Pereira da Silva Junior, coordenador de operações da concessionária reforçou aos moradores do bairro Enseada que já receberam as obras da rede de esgoto para que não efetuam a ligação do seu imóvel residencial ou comercial ao sistema, sem a devida autorização. De forma recorrente, a companhia tem identificado tubulações que estão recebendo esgoto irregular e os moradores foram informados sobre a não autorização.

“A interligação na rede antes do término das obras e sem autorização da concessionária pode causar extravasamento de esgoto nas ruas e calçadas e até retorno para dentro das residências”, explica Vilmar. Neste momento, a ligação dos imóveis à rede de esgoto nas áreas onde não tem autorização causa sérios danos ao meio ambiente, gera mau cheiro e compromete a qualidade de vida dos moradores. A líder comunitária Maria Regina Canonico elogiou a postura da concessionária de informar a população o andamento das obras que está realizando no município.

Durante a reunião, Vilmar também reforçou entre os presentes o que são descargas monitoradas realizadas pela concessionária. As descargas monitoradas são ações executadas pela Águas de São Francisco do Sul para circular a água na tubulação por um curto período de tempo. Geralmente a descarga de rede é realizada como contingência quando ocorre algum rompimento na tubulação – casos onde pode ocorrer alteração da cor da água. Para isso, a concessionária abre registros em pontos específicos da rede de distribuição de água, o que muitas vezes levas as pessoas a pensarem que são pontos de vazamentos.

A Águas de São Francisco do Sul lembra que controla o volume liberado na descarga e que essa ação é extremamente importante para manter a água que chega na sua casa com a melhor qualidade possível. Portanto, se você encontrar alguma descarga monitorada pela cidade, fique tranquilo. Lembre-se que estamos trabalhando para você.

Segurança do trabalho


Para esclarecer os moradores e lideranças comunitárias, o Técnico de Segurança do Trabalho da Águas de São Francisco do Sul, Leonardo Sobreira Caleiro, aproveitou o Afluentes Virtual para apresentar aos participantes os procedimentos internos e externos que devem ser seguidos na empresa para garantir a segurança no trabalho.

As normas servem tanto para os colaboradores da concessionária como também para os das empresas contratadas, que prestam serviços para a Águas de São Francisco do Sul.  “Todos os colaboradores e contratados passam por treinamentos para entender a filosofia e cultura da empresa”, pontuou Leonardo. Leonardo também destacou que diariamente são realizados diálogos sobre segurança do trabalho com os colabores, para que eles possam ter a percepção do risco que eles possam ter no dia a dia do trabalho. Desta forma, a empresa mantém não apenas a segurança das pessoas que estão trabalhando, mas também de toda a comunidade envolvida no entorno das obras que a companhia realiza.

Obras da rede de esgoto em São Francisco do Sul concentradas nas Ruas Bahia, Manaus e Macapá

Postado por saofranciscodosul em 20/abr/2022 - Sem Comentários

Os trabalhos para a implantação da rede de coleta e tratamento de esgoto em São Francisco do Sul esta semana estão concentradas nas ruas Bahia, Manaus e Macapá, no bairro Enseada, na região das praias. Durante a execução das obras, a Águas de São Francisco do Sul pede a compreensão dos moradores, já que pode haver interdição da passagem e movimentação de máquinas e operários nas ruas, o que poderá alterar a rotina das pessoas.

Atenção
A empresa destaca a importância de o cliente fazer a ligação de sua residência ou estabelecimento comercial à rede de esgoto disponível na via quando for autorizado pela concessionária. A conexão antes da autorização da concessionária pode trazer problemas de transbordamento enquanto que afeta a própria residência e a dos vizinhos. Nas regiões onde a empresa irá disponibilizar a rede, o cliente será informado, por comunicação impressa, sobre sua liberação para utilização e a importância dessa conexão e sobre o valor da taxa de ligação.

“Com a implantação da rede de esgoto, a população será beneficiada em saúde e qualidade de vida”, destaca Vilmar Pereira da Silva Junior, coordenador de operações da Águas de São Francisco do Sul. O esgoto coletado será direcionado para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE Ubatuba).

Acompanhe também informações da Águas de São Francisco do Sul no face book https://www.facebook.com/aguasdesfs/ e Instagram da concessionária https://www.instagram.com/aguasdesfs/ .

Parceria entre a Águas de São Francisco do Sul e a PicPay oferece dinheiro de volta no pagamento da fatura da água

Postado por saofranciscodosul em 18/abr/2022 - Sem Comentários

Para auxiliar os clientes no pagamento das faturas de água e ainda oferecer benefícios em troca, a Águas de São Francisco do Sul firmou uma parceria com a PicPay para que os usuários do serviço possam pagar suas tarifas e receber parte do dinheiro de volta.  A ação é promocional e tem prazo de noventa dias de duração.

A promoção é válida do dia 18 de abril até às 23h59, horário de Brasília, do dia 16 de julho e é exclusivo para o pagamento com cartão de crédito cadastrado no app do PicPay. Para pagamentos à vista, o cashback é válido apenas na primeira conta paga pelo PicPay e o desconto pode chegar a 40% de cashback, limitado a R$15.

Para pagamentos parcelados há o limite de um cashback por mês e por conta da Águas paga no app PicPay: de 2 a 5 vezes, 5% de cashback; de 6 a 11 vezes, 10% de cashback; e em 12 vezes: 20% de cashback. No pagamento parcelado, incorrerão juros mensais. O Cashback é calculado sobre o valor total (fatura + juros).

Guilherme Passos coordenador comercial da concessionária explica que esta é uma parceria que busca simplificar o dia a dia dos clientes, que podem pagar suas faturas de um modo mais rápido e ainda receber parte do valor de volta para pagamentos das próximas fatura. “A Águas de São Francisco do Sul trabalha para levar mais praticidade aos serviços de atendimento ao cliente, incluindo as formas de pagamentos mais ágeis e seguras”, completa Gleiciane Selau responsável pelos setores de arrecadação e cobrança da concessionária.

Como baixar o PicPay?

– Acesse sua loja de aplicativo (Google Play ou AppStore);

– Faça o cadastro seguindo os passos demonstrados na tela inicial do PicPay;

– Após o login efetuado, selecione a opção “Pagar conta”;

– Escolha entre ler ou digitar o código de barras manualmente. Em caso de faturas digitais, basta copiar o código de barras e selecionar a segunda opção;

– Confira o valor na tela e toque em “Próximo”;

– Confirme os dados bancários, sua forma de pagamento, a quantidade de parcelas e toque em “Pagar”.

Caso o pagamento seja aprovado imediatamente, o comprovante fica disponível no aplicativo. Em situações em que for necessária a análise de segurança do cartão de crédito, o cliente deverá aguardar o e-mail e/ou notificação do PicPay.

Ataques de cães preocupam segurança dos leituristas da Águas de São Francisco do Sul

Postado por saofranciscodosul em 18/abr/2022 - Sem Comentários

Preocupada com a segurança e o bem-estar de seus colaboradores, a Águas de São Francisco do Sul acaba de promover um encontro com os leituristas e representantes dos departamentos de Segurança do Trabalho e Jurídico para pensarem juntos ações efetivas para evitar ataques de cães bravos durante a jornada de trabalho. Todos os dias, esses profissionais ficam expostos a mordidas que podem causar sérias lesões físicas e psicológicas.

Além de representarem riscos de afastamento dos profissionais, os ataques podem também prejudicar o morador, que não terá a leitura do hidrômetro realizada. A concessionária considera que estes animais estão protegendo o território individual, mas seus tutores devem cuidar para que eles não prejudiquem a atividade de leitura, nem a integridade física das pessoas.

Keli Lopes Leite, analista ambiental da concessionária, explica que os profissionais da empresa recebem treinamentos e participam de palestras e cursos periodicamente que abordam o tema de prevenção contra ataques caninos, mas nem sempre é possível evitar que ocorram acidentes.

A recomendação para os proprietários de imóveis com cachorros é de que sinalizem o local com placas do tipo “Cuidado! Cão bravo”; que não deixe o animal escapar para a rua quando precisar abrir o portão; certifique-se de que o portão está bem trancado e instale o hidrômetro na caixa padrão, do lado externo do imóvel para evitar contato do cão com o leiturista.

Conforme Edinan Araújo Barbosa, supervisor de faturamento da Águas de São Francisco do Sul, o leiturista pode e deve se recusar a fazer a leitura se identificar riscos de acidentes devido a presença de cachorros. Conforme LEI 10.406/02 e LEI 3.688/41, o dono do animal é responsável civil e criminalmente por qualquer dano causado por ele.